BEM-VINDO E BOA ESTADIA

A Vida Em Play é uma casa de vidas intensas.
É o teu momento contigo.

De travo salgado na boca, a urgência do doce da bola de berlim enchia-me de saliva. Naquele ano ainda não havia trincado nenhuma na praia. Parei a pensar nessa absoluta absurda ausência na minha existência enquanto a miúda de passo largo e de anca agitada,......

Acordei. De tão próximos, às tantas já me pareciam tudo menos foguetes. Imaginei um campo de guerra ou um assalto à mão armada!  Eu sabia que a festa não tinha a dimensão dos foguetes e tive até saudades de quando partilhavam do mesmo protagonismo. Este......

Regressar a casa pelas 19h passara a ser a mais dura tarefa do dia. Era um coração com vontade de outros mundos que não sabia, sem consciência que os precisava. Em consequência, todas as desculpas para demorar o confronto com aquelas paredes pareciam perfeitas. Mas......

Chegou-me a onda aos pés depois de um dia tórrido. E, entenda-se por tórrido, aqui, um dia que sem ser lembrado era esperado há muito. Não poderia chamar ao tórrido lufada de ar fresco, porque era parvo, mas era a baforada que as minhas pernas......

A imagem que mais me fica é de Djemaa el-Fna, nestes 3 dias onde o tempo parecia não ser suficiente e esticou para quase tudo. É aquela praça que fica. Homens de macacos ao ombro a cobrar moedas, vendedores de pão e lamparinas, encantadores de......

Era cedo. A minha mãe chegava da missa e eu estava certa que ela trazia coisas que se dizem só com a boca. Agora que escrevo, observo: as pessoas depois da missa falam de tudo menos da missa. Eu, que já não lá vou, lembro-me......

O vento esqueceu-se deste lugar. Lembrou-se dele o sol e a serenidade de tudo o que é coisa de muita gente não tem. O vento não se lembrou, mas deixou o mar lembrar-se e soprar dele, suave. A sussurrar baixinho. E a minha vontade assim......

Sento-me na sala, como de costume, nos lugares vazios da quinta fila a contar da frente. Um, dois, três, quatro, cinco. É aqui. Os lugares que ninguém quer são a minha escolha óbvia. As cabeças distraem-me e fazem-me perder o filme. Vou sentar-me naquelas. É......

O Sol é uma bolacha Maria que mergulha no leite devagar. Esta é a minha definição de pôr-do-sol, agora mesmo, que o vejo do lado de dentro do meu carro. Ora, com tal definição sei que existe uma grande probabilidade de eu não ser aceite......

VEM RECORDAR COMIGO

A imagem tem este poder de ser eterna. Por isto, sou-lhe eternamente grata.

Gabriela Relvas

Apresentadora / Produtora / Atriz / Blogger

 

Antes de qualquer outra coisa sou pessoa.
Mulher, frágil e forte num só frasco de vidro transparente. Mas acima de tudo simples. Simples com as pessoas. Simples nas palavras. De gostos simples. De sensações simples. Mas fortes. Sou de sorriso fácil. De fácil acreditar. Ingenuamente eu mesma.
Irra! Já não mudo…

20665

``Fãs`` no Facebook

66601

VISITANTES

85418

PARTILHAS

O QUE VOCÊS DIZEM